Squarespace: confira uma análise completa desse Construtor

Estamos iniciando hoje uma série de artigos que tratarão mais detalhadamente sobre os mais diversos construtores de sites que existem no mercado nacional e internacional.

Esse assunto é de extrema importância para qualquer pessoa que esteja planejando criar um site por conta própria através do uso de algum construtor de site, isto é, aquelas pessoas que não possuem conhecimento em Webdesign e portanto já descartaram o uso de programas como DreamWeaver, Muse, etc.

E também para aqueles que não querem (ou não podem) bancar a criação de um site por meio de Agências ou profissionais de Webdesign. É para esses empreendedores que os construtores de sites se tornaram a melhor opção.

Obs: claro que é possível solicitar a uma Agência para que ela crie o site em determinado construtor de site, pois o custo continuará sendo mais baixo do que se o site fosse totalmente criado do zero e personalizado a gosto/necessidade do cliente.

Squarespace

Como estréia, vamos conhecer um pouco mais a fundo o construtor Squarespace, um dos mais usados e conhecidos criadores de sites no cenário internacional.

squarespace

Review (análise)

Em se tratando de desempenho e design moderno, o Squarespace é uma das melhores alternativas existentes. Os sites criados nessa plataforma costumam apresentar qualidade no desempenho (navegabilidade, usabilidade, carregamento, etc) e no design (templates, aparência geral do site), sendo que esses dois quesitos são super importantes para ter um site profissional.

O Squarespace é um produto internacional, sua interface funciona apenas no idioma inglês e todos os planos do construtor só trabalham com pagamento em dólar.

Segue uma listagem com a avaliação completa do Squarespace, dividida por características comuns a qualquer construtor de sites, confira:

Facilidade de Uso 

  • Sua interface de uso não é algo intuitivo. É necessário um pouco de aprendizado para descobrir como as coisas funcionam, daí seu uso passa a ser mais simples. Num aspecto geral, o editor aparenta ser um tanto complicado.

Templates 

  • O número de modelos é um pouco baixo, em compensação, são elegantes e modernos. Todos os templates são responsivos, isto é, adaptam-se facilmente a vários tamanhos de telas em dispositivos móveis (Smartphones, Ipad, etc).

Idiomas 

  • O editor tem apenas a interface em inglês. Não fornece uma forma fácil de criar sites multilíngues.

Conectar Domínio Próprio 

  • Sim. Os planos que contém assinaturas anuais e semestrais incluem um nome de domínio grátis. Além disso, um domínio já existente pode ser facilmente conectado à conta do usuário.

Favicon 

  • Permite uso de Favicon.

Níveis de Navegação 

  • Permite o uso de Menu e Submenus (1º e 2º nível) apenas. Alguns templates possuem uma navegação também no 3º nível (‘submenu’ do Submenu).

Widgets (implementar o site com recursos extras) 

  • Possui uma galeria com diversas ferramentas que oferecem funcionalidades extras, incluindo integração com redes sociais.

Monetização (ganhar dinheiro) 

  • O construtor permite a monetização do site através do Google Adsense e outros banners.

E-commerce 

  • O Squarespace oferece uma plataforma de e-commerce, com uma loja completa para transações online, otimizada para vendas nos EUA.

SEO 

  • Configurações SEO bem completas e satisfatórias, com títulos editáveis, meta descrição e, importante, URL personalizáveis. Redirecionamento 301 também está disponível.

Blog 

  • Alguns especialistas dizem que o Squarespace oferece uma ferramenta de Blog que é a “única alternativa real” ao WordPress. A meu ver, acho essa afirmação um tanto ousada. Mas realmente o Blog do Squarespace tem todas as características essenciais das boas plataformas blogs, como: comentários, tags, categorias, etc.

E para quem já é usuário do WordPress, Tumblr ou Blogger, é possível importar todo seu conteúdo para o Squarespace.

Estatísticas de Visitas 

  • Ele possui um atributo interessante: tem uma ferramenta própria que mostra algumas estatísticas básicas sobre as visitas do site. O Google Analytics também pode ser configurado.

Formulário de Contato 

  • Possui formulário totalmente personalizável, com vários tipos de campos.

Proteção com Senha 

  • Permite proteger o site inteiro ou páginas individuais.

Email Marketing 

  • Surpreendentemente, não é possível conectar uma conta de nenhum provedor de email marketing (como MailChimp, E-goi…).

Código HTML 

  • Permite o uso livre de código HTML através de Widget.

Armazenamento (hospedagem) 

  • No plano normal, o espaço é de 2Gb, para os outros 2 planos, é ilimitado.

Fórum 

  • Não permite a criação de fóruns de discussão dentro do site.

Suporte 

  • 24 horas por dia e 7 dias por semana, através de tickets ou chat online. O usuário também conta com um tipo de ‘central de aprendizagem’ para aprender a usar o sistema e tirar dúvidas.

Publicidade 

  • Todos os planos são livres de publicidade

Exemplos

Não tenho conhecimento de sites brasileiros que tenham sido feitos no Squarespace, mas isso não quer dizer que não existam. De todo modo, deixo a página de templates (modelos) para que leitor possa conferir mais de perto o design desse editor.

Squarespace Vs Wix

O Squarespace possui amplas configurações de desempenho que realmente são muito valiosas para que o site apresente boa performance, tanto em SEO, quanto na navegabilidade. Por outro lado, o Wix não permite que a estrutura de códigos do site seja alterada, com exceção do cabeçalho HEAD, que timidamente vem liberando a inserção de determinados comandos, embora com amplas restrições.

Quanto ao SEO, o Wix vem dando passos largos em busca de melhoras, mas ainda há falhas.

No design, o Squarespace oferece um mundo de possibilidades, igualmente como no Wix, a diferença é que para o primeiro, a coisa vai ser mais difícil para que o resultado fique do jeito que o usuário quer. No Wix, o ‘arrastar e soltar’ já facilita muito nesse ponto.

Conclusão

Para quem está iniciando no mundo de criação Web ou é totalmente leigo nesse assunto, o Squarespace pode não ser uma boa opção, pois à primeira vista será algo totalmente confuso e complicado, o que será dificultado pelo fato da interface ser em inglês. Usuário novos terão que travar uma batalha para conseguir se encontrar com as funcionalidades do construtor.

Já para usuários avançados ou que tenham um mínimo de conhecimento em programação/Webdesign ou então que estejam realmente decididos a criar um site pelo Squarespace, terão que se esforçar um pouco para compreender os recursos desse construtor, o que talvez possa consumir tempo e estudo.

No geral, apesar de eu nunca ter criado site algum com o Squarespace, de ter usado o editor por pouco tempo e devido a sua flexibilidade, ainda o considero uma opção que deve ser avaliada, pois sua estrutura e configurações do editor estão otimizadas para que o site tenha uma boa performance, mas para ter um resultado com um design atraente, é necessário empenho e dedicação por parte do usuário.

É isso.

Saiba mais sobre este projeto, aqui.

3 comentários para “Squarespace: confira uma análise completa desse Construtor”

  1. Por Danlary

    Responder

  2. Por Dérik

    Responder

    • Por Gabriel Martins

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

65 milhões de pessoas, ONGs e empresas já criaram seus sites no Wix. Crie o seu AQUI

¤
Leia mais:
pink
Como adicionar Backgrounds diferentes para cada Página

Fechar