5 brilhantes Dicas pra fazer Email Marketing com resultados

Existem dois extremos consideráveis no Email Marketing: ele é um dos mais poderosos meios de comunicação, mas também é um dos mais perigosos, devido ao fato de que apenas esse termo ‘email marketing’, faz-nos lembrar imediatamente do Spam.

Hoje em dia todo mundo tem email (considerando aquelas pessoas que usam a internet para algum benefício ou consumo, creio que crianças e adolescentes geralmente não usam tanto o email). Sendo assim, é um meio que possui um custo baixíssimo em se tratando de publicidade, além de ser facilmente incorporado a qualquer sistema de marketing que exista atualmente.

Contudo, apesar dessa flexibilidade quase que exclusiva, esse meio de comunicação é o mais controverso, pois precisa receber a autorização do leitor para o envio de emails, caso contrário, será enquadrado como algo indesejável e incômodo, que é o famoso Spam.

Aí vão algumas dicas práticas para que você se saia bem nas suas campanhas:

1. Seja objetivo

Defina claramente o objetivo do email: o que você pretende com o email que vai enviar? Que os leitores comprem algum produto, se cadastrem em alguma lista ou quer apenas que eles se lembrem da sua empresa? A partir desse objetivo traçado, crie um texto com o intuito de o motivar para que a ação seja realizada.

Lembre-se que quanto mais esforço você pedir da parte do leitor, mais informações e justificativas você terá que dar a ele.

2. Direto ao ponto

A pressa ou preguiça de ler já são hábitos conhecidos por profissionais de criação Web. A internet se tornou uma correria, onde os usuários valorizam cada vez mais o tempo. As pessoas não se interessam por ler mais que alguns parágrafos para entender a mensagem do email.

Desse modo, escreva o necessário, de maneira precisa, resumida, mas eficiente, transmitindo a mensagem de forma direta.

3. Valorize a comunicação mais ‘pessoal’

Ferramentas de anti-spam foram programadas para bloquear mensagens com caráter puramente publicitário, como aquelas que contém chavões como ‘É grátis’, ‘Free’, etc.

Especialistas indicam que quanto mais a mensagem tiver o formato pessoal, mais chances o email terá de passar pelas barreiras do anti-spam. Além disso, pensar o email como um contato pessoal, faz com que ele se torne, de fato, pessoal.

Colocar o nome de uma pessoa como remetente do email faz parecer que a mensagem foi escrita diretamente para o destinatário, o que torna a relação mais próxima ao cliente e menos fria.

O nome da pessoa que estiver no email deve ser real e não fictício. Uma dica é misturar ‘nome pessoal’ + ‘empresa’, mostrando que aquela pessoa representa a instituição. Ex: Gabriel Aguiar – Agência CSW.

 4. Mostre os benefícios, não apenas as particularidades

Uma coisa é um lojista dizer que seu Chá de Ervas tem um sabor delicioso, outra é dizer que ele melhora a qualidade do sono, alivia as dores no corpo, combate os gazes e promove o bem-estar e a tranquilidade.

O benefício que o produto/serviço traz é no que o leitor está mais interessado e não apenas na característica geral do produto.

5. Seja envolvente

Ninguém precisa ficar o resto da vida seguindo o mesmo padrão de emails. Tente colocar uma pergunta provocante no título e, para completar, peça a resposta ao leitor no final do texto. Ofereça canais de fácil acesso para obter a resposta, como o próprio email, ou Facebook, Twitter, etc.

Isso ajuda na interação com o cliente e ainda dá informações sobre o que eles pensam a respeito da sua empresa e como anda o engajamento de seus emails.

É isso!

Saiba mais sobre este projeto, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

65 milhões de pessoas, ONGs e empresas já criaram seus sites no Wix. Crie o seu AQUI

¤
Leia mais:
Como cadastrar seu Site na Central do Webmaster Google

Fechar