Email Marketing: 4 dicas de ouro para não ser classificado como Spam

É comum que muitas pessoas confundam Email Marketing com Spam, para muitos consumidores, essa diferença não é clara. Ainda assim utilizar o email como ferramenta de marketing traz grande retorno para as empresas e o valor investido costuma valer muito a pena.

Apesar de e-mail de marketing e spam terem em comum finalidades comerciais, eles guardam diferenças fundamentais. Spam é uma mensagem de e-mail não solicitada enviada a um grande número de pessoas sem critério algum de escolha da audiência.

Compra-se uma lista de e-mails de um terceiro, elabora-se uma mensagem que é enviada a todos da lista, divulgando determinado produto ou serviço.

Email Marketing são mensagens comerciais enviadas a seus clientes, ou potenciais clientes. A diferença fundamental é a lista de e-mails usada, nesse caso são endereços de pessoas que já são seus clientes ou que você conseguiu com o consentimento do dono do endereço.

A pessoa já utilizou seus serviços pelo site e cadastrou o e-mail ou você conseguiu por uma pesquisa de campo os endereços que vai utilizar, com isso, ela ao receber a mensagem, costuma reconhecer o destinatário. Ao contrário do Spam que quase sempre é de origem desconhecida e duvidosa.

Via de regra o que deve ser prioridade no email marketing é a qualidade e no spam o foco costuma ser a quantidade.

Dicas para não ser um spammer e muito menos confundido com um:

1-Produza conteúdo relevante

Antes de enviar um email para sua lista, certifique-se de o conteúdo é de interesse do destinatário. Se o objetivo é vender produtos, escolha suas melhores ofertas e apresente-as de maneira clara.

2-Lista de terceiros

Pode parecer tentador, pois o alcance é muito maior, mas os resultados são duvidosos. A menos que você conheça muito bem a procedência da lista adquirida, o melhor é investir tempo e esforços em uma lista própria de pessoas que realmente querem fazer parte dela.

3-Respeito ao cliente

Sempre respeite as solicitações  dos usuários que não querem mais receber seus e-mails, ignorá-las torna você um spammer. E não se esqueça, você escolheu essa ferramenta para se relacionar com seu público, torne-a funcional e responda todas as solicitações.

4-Timing

Não sobrecarregue seu público, apesar de o e-mail normalmente ser checado pelo usuário várias vezes ao dia, ele não precisa encontrar uma mensagem sua todas as vezes.

Dependendo do segmento uma mensagem por semana é o mais indicado, apesar de ser comum vermos grandes varejistas mandarem e-mails diários essa prática requer um planejamento mais apurado e muitos cuidados. Tente manter o foco na qualidade e ofereça menos, com mais qualidade.

O professor e palestrante Felipe Pereira, fala desse e muito outros assuntos sobre o email marketing, no seu curso Email Marketing Efetivo. Saiba mais sobre o curso aqui.

Saiba mais sobre este projeto, aqui.

1 comentário para “Email Marketing: 4 dicas de ouro para não ser classificado como Spam”

  1. Por Janete F. Lopo Rossati

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

65 milhões de pessoas, ONGs e empresas já criaram seus sites no Wix. Crie o seu AQUI

¤
Leia mais:
formulario-contato-wordpress
Adicione um Formulário de Contato do Wix App Market

Fechar